4 coisas que você faz no dia a dia que intoxicam o corpo com mercúrio

8

Mas qual o malefício do mercúrio no nosso organismo?

Abro parênteses para trazer um trecho da entrevista com a Dra. Cecília Zavariz, especialista em alterações na saúde pela exposição ao mercúrio, na reportagem “mercúrio mata em silêncio”.

“O mercúrio vai se depositando nos vários órgãos e no cérebro causando lesões, que vão gerar vários distúrbios para a saúde. O grande problema é a falta de diagnóstico, que só é estabelecido por profissional que tem um conhecimento mais aprofundado do assunto. Os sinais e sintomas são muito variados e dependem das lesões provocadas nos órgãos e sistemas. Alguns dos mais frequentes são dores de cabeça, irritabilidade, insônia, tremores, gosto metálico na boca, sangramento oral, alterações gengivais, gastrite, fraqueza, dificuldade de memória, de atenção, problemas renais. Nos quadros mais graves surge demência, insuficiência renal e até a morte.”

Então, fique atento as substâncias abaixo:

Obturações de Amálgama

Muito comum no passado, estas obturações são ótimas para os dentistas pois possuem custo baixo e são fáceis de moldar e trabalhar; Já para o paciente, é um péssimo negócio.

Amálgama é basicamente uma liga de prata e mercúrio. Sabendo do quanto o mercúrio é perigoso para a saúde do ser humano, fica fácil de entender porquê não devemos permitir que estas obturações sejam realizadas em nossos dentes, ou pior, nos dentes de nossos filhos.

Afinal, quem quer manter na boca algo feito de material tóxico?

O Doutor também alerta que estas obturações são difíceis de tirar, elas precisam ser retiradas por um profissional preparado para não intoxicar ainda mais o paciente.

Veja também:  Mulheres que brigam e ficam nervosas são as que mais fazem um relacionamento dar certo

Se você não puder extrair a obturação da forma correta, o melhor é não extrair.

Timerosal (Etilmercúrio)

Presente em algumas vacinas.

Acetato de Fenilmercúrio

Espermicida encontrado em algumas camisinhas. O Espermicida é uma substância que mata os espermatozoides, utilizado para potencializar os métodos contraceptivos.

Peixes

“Infelizmente quase todos os peixes de rio, especialmente no Brasil, estão contaminados com mercúrio” – declarou o Dr. Lair Ribeiro. “Não coma peixe de rio no Brasil” completou o médico em outro vídeo.

O Doutor explica que nossos rios foram contaminados com mercúrio, por causa do Garimpo.

O recomendado é comer peixe pequeno, de mar, que viva em água fria e profunda. Os peixes grandes vivem mais tempo, o que significa uma maior ingesta de toxinas. Estes peixes grandes também comem uma maior quantidade de peixes intoxicados.

O peixe recomendando atualmente pelo médico é a sardinha: Ela é pequena e vive menos, sem tempo de uma grande contaminação.

Opção super barata. Mas não vale a enlatada: sardinha boa é a fresca.

Como eliminar o Mercúrio do Organismo

“Vale mais previnir que curar” Galeno

O ideal é evitar contato com mercúrio. Mas, para limpar o organismo já contaminado, use coentro.

O coentro é ótimo em eliminar mercúrio do organismo. O Doutor ainda orienta beber 2 litros de água por dia ao fazer uso desta substância no seu detox, para evitar a desidratação.

Caso você fique desidratado ao usar coentro, o mercúrio pode ir para o cérebro e causar complicações.

Fontes:

https://www.youtube.com/watch?v=c5kgZTzw-RA

Este site não tem nenhum vínculo com o Dr. Lair Ribeiro. Apenas compartilhamos as informações divulgadas pelo médico nas fontes citadas ao final desta reportagem.

Veja também:  Um humano saudável deve peidar de 14 a 23 vezes por dia, aponta estudo

via; saudenogarfo