InícioCuriosidades5 principais nomes de crianças que se tornaram génios

5 principais nomes de crianças que se tornaram génios

Não muitos anos atrás, parte do destino das crianças que nasciam estava intimamente ligada ao calendário. Se uma menina tivesse nascido luz no Dia da Misericórdia, quase certamente a chamaria de Mercedes e, se fosse batizada, o que era habitual–, seria seguida do nome de sua madrinha e da igreja onde recebeu o sacramento.

Hoje, quando a religião deixou de ser uma obrigação – sob a ameaça de terríveis castigos divinos e mundanos – e muitos pais esperam que seus filhos cresçam para decidir se querem ser batizados, o nome foi destacado do calendário e ligada à moda, a “o que está na moda é chamar-se Pepe Bowie” – no ano passado, por exemplo, os nomes mais populares foram Sofía e Santiago, e este ano a tendência, segundo alguns meios, aponta para Lucías, Marías, Paulos e Mateos–.

Os pais ansiosos costumam fazer listas quilométricas com nomes para o seu futuro filho, e sem querer, a cada nome lhe dão uma personalidade e também um rosto. Sofia é inteligente, determinada e um pouco rebelde, ou o Mario que é um Dom Juan.

Criamos uma imagem de acordo com outras pessoas que conhecemos, ou cidades ou conceitos que significam algo profundo para nós (Liberdade, Lua, etc.).

E muitas vezes olhamos para aqueles personagens memoráveis ​​– escritores, pintores, cientistas, etc. – que consideramos gênios e, de alguma forma, achamos que chamando nosso filho por eles ele pode assumir algumas das qualidades de nossos ídolos.

Sugestão:  Descubra quais os 20 nomes das crianças mais rebeldes

Talvez essa ideia pareça besteira para você, mas não acontece a mesma coisa quando um pai dá ao filho o mesmo nome? Não se espera que a criança siga os passos de seus pais? Embora essa crença seja mais psicológica do que puramente científica, um novo estudo realizado pelo MooseRoots, um site de genealogia, conclui que existe uma relação entre o nome de uma pessoa e sua tendência à genialidade.

Para isso, seus criadores compilaram os nomes de 14.750 filósofos, escritores, matemáticos, cientistas, inventores, artistas, ganhadores do Prêmio Nobel e compositores de todas as nacionalidades, e garantem que pessoas chamadas Maria e João tenham um QI mais alto, como muitos grandes virtuosos.

Os pais querem que seus bebês tenham sucesso no futuro, portanto, devem batizá-los com o nome de um personagem memorável

Por um lado, é lógico que encontremos uma grande maioria de intelectuais e figuras históricas assim apelidadas, pois ambos os nomes são bastante comuns, tanto sozinhos quanto em combinação (Eva Maria, Maria Jesus, João José, João Pedro, etc. .); Outra coisa é garantir que, ao nomear seu filho João, ele acabe sendo um diplomata ou descobrindo uma vacina contra o câncer.

De acordo com a MooseRoots, como todos os pais desejam que seus bebês sejam bem-sucedidos no futuro (o primeiro passo para o fracasso é gerar essa expectativa, o peso que a acompanha), “preparar seu filho para a grandeza dando-lhe o nome de um homem que se destacou acima do resto”. Você leu certo –“homem”–, porque as mulheres sempre estiveram sub-representadas na história.

Sugestão:  7 dicas naturais para manter o ambiente livre de moscas

Os 5 principais nomes de gênios

Este é o número das maiores mentes da história agrupadas por coincidência em seus nomes:

1) João ou John (Lennon): 352 gênios

Vem do hebraico Yohanan ou Yehohanan e significa literalmente “Yahweh é bom”, “Yahweh é misericordioso”.

É um dos cinco nomes masculinos mais populares na Espanha –o primeiro é Antonio– e nos países anglo-saxões é ainda mais popular, inclusive em sobrenomes (Johnson significa ‘filho de John’).

2) Roberto (Frost): 220 gênios.

De origem germânica, significa ‘o esplendor da fama ou brilho ilustre’. Seu diminutivo inglês é Robin, do qual deriva Robinson.

3) Guilherme/William (Shakespeare): 201 gênios

É um nome muito mais frequente nos países anglo-saxões – 16.687 Guilhermes nasceram nos Estados Unidos em 2014. Significa ‘proteção, vontade, capacete’ e sua origem também é germânica.

4) Carlos ou Charles (Dickens): 148 gênios

Tem origem germânica e significa ‘homem livre’ ou também ‘ousado e forte’. Representa a pessoa dotada de inteligência e é um daqueles nomes que nunca saem de moda.

5) David (Hume): 132 gênios

Foi o nome mais popular dos anos 90 na Espanha e será tendência em 2016. Em hebraico significa ‘amado’ e está relacionado ao segundo rei de Israel, que derrotou o gigante Golias.

O destino dos primogênitos

Se você também é uma nova mãe ou pai e espera ter filhos, deve saber que, de acordo com um estudo realizado pela equipe de Petter Kristensen na Universidade de Oslo, as crianças que nascem primeiro têm um QI mais alto do que seus irmãos mais novos. .

Sugestão:  Casar e morar junto são coisas muito diferentes

Com base em registros militares de 240.000 recrutas noruegueses, os pesquisadores descobriram que os mais velhos tinham uma vantagem de 2,3 pontos de QI sobre seus irmãos mais próximos em idade, e que essa diferença aumentava em relação ao terceiro e quarto filhos.

Crianças mais velhas, não tendo que dividir a atenção dos pais nos primeiros meses de vida, desenvolvem mais inteligência, segundo o estudo

Enquanto alguns pesquisadores argumentam que essa maior inteligência já está forjada no útero, a equipe de Kristensen aponta razões sociais, status dentro da família e recursos (de afeto, tempo, conhecimento) que estão totalmente focados naquele primeiro bebê, enquanto seus irmãos seguintes deve compartilhá-los. via:elconfidencial

Gostou do artigo?

Toque nas estrelas para votar.

Média: 3.6 / 5. Votos: 12

Até agora ninguém votou, vote você!

- RELACIONADAS -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

Comentários recentes

Aline Cristina dos Reis Xavier on Até agora ninguém acertou o número exato
Aline Cristina dos Reis Xavier on Até agora ninguém acertou o número exato