7 coisas que os gatos não gosta

Seu gato parece chateado ou ansioso? Seus sinais corporais parecem negativos ou está praticando hábitos inadequados de higiene?

O que está incomodando seu gato pode muito bem ser algo que incomoda você também. De banheiros sujos a comida estragada e música muito alta, gatos e humanos compartilham mais irritações do que você imagina.

Acredite ou não, você pode estar cometendo alguns erros como dono, sem saber, causando essas coisas que os gatos não suportam. Não se preocupe, nós protegemos você, veja como remediá-los.

1) Gatos odeiam se sentir sozinhos

Ao contrário da crença popular, os gatos não são animais solitários! É verdade que você pode deixar seu gato sozinho por mais tempo do que um cachorro, mas os gatinhos anseiam por atenção, companheirismo e amor como qualquer outro amigo peludo – ou humano.

Se deixado sozinho por longos períodos de tempo, pode ficar agitado e desenvolver sentimentos de ansiedade e até depressão.

Se você tem uma agenda lotada, reserve alguns minutos por dia para passar algum tempo de qualidade com seu gato. Mesmo 15 minutos de brincadeira a cada poucas horas o manterão feliz e saudável.

Uma solução ainda melhor? Considere adotar outro gato, para que ele tenha um companheiro em tempo integral.

2) Gatos odeiam caixas de areia sujas

Usar um banheiro sujo – em público ou em casa – é muito nojento, certo? Bem, os gatos sentem o mesmo sobre caixas de areia sujas.

Sugestão:  Delicioso bolo de limão com mousse, receita simples

É importante limpar as caixas de areia do seu gato todos os dias, ou pelo menos a cada dois dias, dependendo do número de gatos que você tem e de seus hábitos no banheiro. Não quer fazer cocô diariamente? Considere investir em uma caixa de areia autolimpante.

Manter uma caixa de areia limpa também não é apenas escavar. Dependendo do tipo de areia que você usa, da frequência com que você a coleta e do número de gatos em sua casa, a areia deve ser substituída a cada duas semanas.

3) Gatos odeiam comida estragada

Você provavelmente não quer comer um grande prato de comida estragada – e surpresa! – nem o seu gato. Não só a comida crua ou estragada tem um gosto ruim, mas também pode deixar seu gato doente.

Bactérias como Salmonella e Staphylococcus podem crescer em alimentos expostos por muito tempo, especialmente nos meses mais quentes.

Sempre que você estiver servindo as refeições do seu gatinho, verifique as datas de validade dos alimentos úmidos e secos. Se você estiver economizando muitas sobras após as refeições do seu gato, talvez seja necessário avaliar o quanto ele realmente precisa comer.

Seu veterinário pode ajudá-lo a decidir com base em sua raça, idade e níveis de atividade.

4) Gatos odeiam remédios com gosto ruim

Quando você está se sentindo péssimo, a última coisa que você quer fazer é tomar um remédio com gosto nojento. E o mesmo vale para o seu gato. Ao tomar medicação, muitos gatos espumam pela boca ou simplesmente cospem de volta.

Sugestão:  Quem não ajudou na construção da casota do cão, resolva o enigma em 5 segundos

Se o seu gato precisa de medicação para um resfriado ou infecção ou tem uma condição crônica que requer a administração contínua de medicamentos, é vital tornar a experiência um pouco mais agradável para o gatinho.

Primeiro, ensine seu gato a se sentir confortável ao manusear o rosto e a boca; associe as sensações com algo positivo recompensando-o com um pequeno deleite. Em seguida, estabeleça um horário de medicação, para que ele saiba o que esperar e quando.

5) Gatos odeiam carícias excessivamente agressivas

Se você tem um gato, sabe que existem apenas certas áreas que ele permitirá que você acaricie – e se você acariciar a parte errada, ele assobiará, arranhará ou morderá.

Os gatos podem ser extremamente sensíveis a estímulos táteis, por isso é importante estar ciente de onde e como você os está acariciando.

Quer deixar seu gato feliz? Os gatos se lambem na cabeça e no pescoço – e não gostam de carinhos “de corpo inteiro” ao longo de suas costas – então tente ficar apenas nas áreas ao redor da cabeça e do pescoço.

Preste muita atenção ao seu comportamento e aos sinais corporais para entender as carícias aceitáveis e inaceitáveis.

6) Os gatos odeiam a competição de outros gatos

Seja lutando por comida, espaço, brinquedos ou pela atenção de seus humanos, os gatos podem ficar com ciúmes um do outro. Infelizmente, em alguns casos, esse ciúme ou guarda de recursos pode se manifestar como agressão e, dependendo da situação, agressão mal direcionada.

Sugestão:  Isto é o que acontece no corpo quando se toma banho de água fria

Por exemplo: se um gato doméstico se sente ameaçado por um gato ao ar livre, mas não consegue atacá-lo, o gato doméstico pode redirecionar sua agressão para outro gato dentro de casa.

7) Gatos odeiam barulhos altos

De trovoadas a discussões e fogos de artifício, muitos barulhos altos e comoção podem estressar seriamente seu gato.

Assim, o estresse crônico de ruídos altos pode causar uma série de problemas comportamentais e de saúde, incluindo nervosismo, agressão ou depressão, bem como perda de pelo, falta de apetite e excesso de higiene.

Pode ser difícil, mas tente limitar a exposição do seu gato a ruídos altos. Mantenha-o em um espaço tranquilo e seguro quando os convidados estiverem fora ou durante o mau tempo e evite tocar música muito alta ou aumentar o volume da TV. via:revistapt.com

Gostou do artigo?

Média: 4.1 / 5. Votos: 12

Até agora ninguém votou, vote você!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

3 signos que nunca são fiéis