8 tipos de picadas que você deve saber diferenciar

1357

Em altas temperaturas durante o verão, ou em qualquer outra estação são inevitáveis as picadas dos insetos e até mesmo, de bichos peçonhentos.

Muitas vezes podemos confundir ferroadas, que bicho nos ferrou devido as características de cada ferrão, no entanto, é muito importante saber o que te picou para tratar os efeitos da picada. Apresentamos aqui 8 tipos de picadas mais comuns que você deve e precisa conhecer.

1. Picadas de mosquitos

Possuem aparência com extremidades e de bolhas vermelhas. de características subcutâneas e comichão no local.

Não requer cuidados especiais, mas você pode utilizar  cremes e fazer uma massagem no local sem exageros.

Se a picada originar sequelas como dor nas articulações, febre, glândulas inchadas, você deve consultar um médico. Pois isso pode significar que o mosquito estava infectado.

2. Picadas de pulgas:

As picadas que as pulgas deixam comumente acontecem em grupos de três ou quatro e são distintas por pequenas saliências vermelhas na pele, que dão muita coceira na pele.

Siga essas orientações : lave o local com água e sabão duas vezes. Depois , aplique um pouco de creme ou pomada de calamina para reduzir a coceira. Tente não coçar porque isso pode ocasionar uma infecção no local.

3. Picadas de percevejos

Os percevejos tem a fama de ser o inseto mais traiçoeiro ; sua picada age de maneira diferente de pessoa pra pessoa.

Algumas nem notam a picada e presença deles, por outro lado outras pessoas  podem desenvolver processos alérgicos e sofrer grandes erupções cutâneas intensas ou inclusive dor.

Veja também:  Estes sinais podem salvar sua vida, saiba quais são os sintomas iniciais de linfoma

Para lidar com percevejos, mantenha se com uma boa higiene da pele em geral. Depois da picada leve muito bem o local infectado com água e sabão.

Mas se a coceira e os caroços permanecerem, você pode tomar algum anti-inflamatório ou anti-histamínico, prescrito pelo farmacêutico ou médico.

4. Picadas de aranha

Muitas aranhas não são venenosas ; exceto a picada da viúva negra ou da aranhas-marrom.

O desenho de uma picada de aranha é de dois pontos mais conhecidos como Equimose.

Estes pontos são a área onde a aranha golpeou. Aconselhamos lavar a área afetada com água e sabão. Depois , faça compressas de gelo sobre a área.

5. Picadas de carrapato:

Os carrapatos que vivem nos animais domésticos . essa picada sim é uma das mais perigosas e podem ocasionar a transmissão de uma série de doenças graves.

As mais comuns são a febre hemorrágica da Crimeia-Congo e a doença de Lyme.

Se um carrapato te picou, tente  removê-lo imediatamente usando pinças, não deixe para depois. Segure-o firmemente e puxe suavemente para removê-lo da pele.

Evite usar remédios tradicionais. Após de extraí-lo, lave bem a área afetada com água e sabão. Lembre-se de que os carrapatos são transmissores de vírus às pessoas após 48 horas, por isso é recomendado agir imediatamente.

6. Picadas de formigas:

As formigas vermelhas têm uma picada que ocorrem através da injeção de veneno na pele das pessoas. Isso faz com que nossa pele se irrite e inflame, além de causar coceira.

Para evitar esses sintomas, recomendamos a aplicação de um creme cortisona na área afetada. É provável que as picadas produzam bolhas; evite coça-las para não infectar ainda mais a área.

Veja também:  É preciso ser um homem bom para ser um bom pai

7. Picadas de escorpião:

Essas ferroadas do escorpião possui três fatores importantes devem ser levados em consideração para conhecer seu nível de gravidade:

1. Tipo de escorpião,

2. Idade da pessoa (é mais perigoso em crianças) e

3. Quantidade de veneno no corpo.

Como tratar a picada de escorpião: Conservar o local da picada voltado para cima; não aperte e nem fure  o local afetado; porque se pressionado demais, o saco de veneno poderia explodir e o nível de veneno dentro do corpo aumentaria; Vá o mais rápido possível a um pronto-socorro ou ligar para o SAMU 192.

8. Picadas de vespas ou abelhas:

São uma das mais dolorosas, isso porque o ferrão do animal fica preso na pele.

O que geralmente é perigoso nesses tipos de picadas é o fato de que as maiorias das pessoas são alérgicas ao seu veneno. Se por acaso você seja alérgico, deve ir ao médico depressa.

Observe se o ferrão ficou dentro da pele e tente remover com a ajuda de uma pinça.

Se for esse o caso, extraia com uma pinça. Você também pode espalhar vinagre branco na área ou lama para diminuir o inchaço.

Via: sabedoriapura