Amantes do ensino médio separados pelo racismo se reúnem 40 anos depois

9

Às vezes, é muito difícil esquecer a paixão ou o amor do ensino médio, especialmente quando o relacionamento termina de uma forma ruim. Esta é a história extraordinária de Myra Clark e Howard Foster, que foram namorados no ensino médio e se apaixonaram em 1967, mas tiveram que acabar com o namoro por causa das leis de segregação da época.

Embora estivessem apaixonados na época, os dois jovens não podiam ser vistos juntos.

Sempre havia a possibilidade de ambas as famílias serem discriminadas pela sociedade daquele tempo.

Então, Howard fez o que qualquer homem sensato teria feito na sua idade: decidiu romper com Myra e livrar os dois do sofrimento que teriam que enfrentar caso continuassem com o relacionamento.

Depois de dizer a Myra que estava tudo acabado, Howard chorou dentro do carro, porque realmente a amava e não sabia se eles se reencontrariam algum dia.

Após o rompimento, a vida voltou ao normal para os dois pombinhos.

Eles seguiram em frente: foram para a faculdade, conseguiram arrumar emprego e assumiram outras responsabilidades como adultos.

O interessante é que, durante todo esse período, um nunca deixou de pensar no outro.

Howard acabou se casando, mas se divorciou tempos depois. Por outro lado, Myra permaneceu solteira até bem depois dos 40 anos.

O reencontro entre essas duas pessoas, mais de 4 décadas depois, foi uma mera obra do acaso.

Em 2014, um amigo em comum promoveu o reencontro. Logo, o casal se viu apaixonado novamente.

Enfim, eles tiveram a chance de reacender a velha chama da paixão, o que fez toda a diferença.

Veja também:  A incrível geração de fotos sorridentes e travesseiros encharcados

No ano seguinte, Howard e Myra decidiram fortalecer os laços e passar o resto da vida juntos, como deveria ter acontecido desde o primeiro momento em que se viram.

Hoje em dia, a segregação não faz mais parte da sociedade norte-americana. Assim, Myra e Howard podem aproveitar a vida juntos, sem medo de retaliações por parte de vizinhos ou oficiais de justiça.

”Hoje, é muito divertido ser feliz”, diz o casal.

Essa é realmente uma das histórias de amor mais bonitas do século 21. Isso só mostra que, no final das contas, o amor conquista tudo.

https://www.youtube.com/watch?v=yyRK6x2FAbw

via; apost