Casal reencontra gato que tinha desaparecido há 10 anos

Colin Clayton e sua esposa, Eva Bellamy, não conseguiram acreditar no que ouviram quando receberam a ligação dizendo que seu gato desaparecido havia sido encontrado.

Especialmente considerando que eles não viam seu querido Big Ginge, há mais de 10 anos.

Em 2011, logo depois de se casar, o casal levou seus três gatos (Weasel e seus filhos Diesel e Big Ginge) em sua lua de mel de estadia com eles – a apenas 40 quilômetros de sua casa em Birmingham.

Naquela época, os gatinhos frequentemente entravam e saíam do barco do canal em que o casal vivia – e sempre voltavam em segurança. Portanto, nunca houve nenhum problema com os gatos voltando para casa.

(Ele morava anteriormente na barca do casal)

Mas o casal ficou preocupado quando Big Ginge desapareceu de seu barco nas férias.

Colin, de 61 anos, disse: ‘Sempre que levamos os gatos de férias, nunca houve qualquer problema com eles encontrarem o caminho de volta, embora às vezes pudéssemos ter que ficar uma noite extra se eles não voltassem a tempo.

“Os outros voltaram normalmente, mas Big Ginge não, então ficamos mais cinco dias e caminhamos quilômetros ao redor da área chamando seu nome e colocando cartazes.

_ Nós o registramos como desaparecido em seu microchip, mas infelizmente tivemos que sair.

(Big Ginge como um gatinho)

Dez anos depois, o casal recebeu uma ligação inesperada para dizer que seu gato havia sido encontrado em Staffordshire.

Sue Hocknell, da organização Cats Protection Lichfield e Tamworth, passou três semanas tentando pegar o gatinho perdido.

Sugestão:  Jovem vende sanduíches para realizar o último desejo de sua mãe

Ela disse: “Ficamos sabendo de um gato de rua em Lichfield no início deste ano, que nós apelidamos de Marmalade.”

Hocknell disse: “Passei três semanas todas as noites tentando prendê-lo para que pudesse fazer a varredura para um microchip, mas ele não tinha nada disso.”

Felizmente, um local começou a alimentá-lo e ganhou sua confiança, então Sue foi capaz de ir buscar o gato no apartamento do homem. No entanto, após inspeção, o felino tinha um caroço na perna.

(Ele agora voltou para Colin e Eva)

Uma consulta com o veterinário logo revelou que o caroço não era nada sério e, graças ao seu microchip, Big Ginge foi devolvido aos seus proprietários Colin e Eva – embora uma década depois.

O que o gato fez durante sua ausência de 10 anos permanece desconhecido, mas sua história enfatiza a importância de se obter chips de localização para animais de estimação.

Colin acrescenta: ‘Por enquanto, vamos mantê-lo dentro de casa. Ele parece muito contente e não demonstrou interesse em se aventurar.

“Big Ginge já teve bastante estresse em sua vida e estamos confiantes de que tudo vai dar certo.” via:metro

Gostou do artigo?

Média: 5 / 5. Votos: 3

Até agora ninguém votou, vote você!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

3 signos que nunca são fiéis