Como reforçar a imunidade para dificultar a contaminação pelo coronavírus

906

O coronavírus tem deixado o mundo inteiro preocupado. A situação está ficando cada dia que passa mais crítica, em alguns países como a Itália, que registra um enorme número de mortos. No Brasil, a população está cada vez mais assustada com o número de infectados que cresce dia a dia.

Desde que o vírus surgiu na China, se espalhou de forma rápida pelo mundo. As autoridades estão em alerta máximo para tentar minimizar os danos no país. A velocidade que o COVID-19 se espalha é aterrorizante e por isso é necessário adotar várias medidas, entre elas a higienização das mãos e limpeza dos ambientes.

No entanto, também é importante ter atenção com o sistema imunológico, pois ele precisar estar forte para combater o vírus, caso a pessoa seja infectada. Segundo o especialista em terapia quântica, Fernando Facini, é importante ter equilíbrio entre a mente e o corpo.

“O surgimento do novo vírus e a pandemia que enfrentamos hoje decorrem de um grande desequilíbrio ambiental, que permitiu a sua multiplicação em um ambiente lotado de pessoas com sistemas imunológicos debilitados ou incapazes de conhecerem esta classe de microorganismos como sendo de alto risco”, disse o especialista.

Por esse motivo, algumas ações de prevenção podem ajudar a minimizar os fatores citados pelo profissional. Conforme o terapeuta, com a atitude correta é possível reforçar o sistema imunológico. Desta maneira o corpo vai ficar menos suscetível a ameaças externas. É importe ter cuidado com a alimentação, pois o intestino é um grande responsável pelo processo imune.

Portanto, procure evitar ingerir alimentos industrializados e fontes de carboidratos simples, como sucos de caixinha que são compostos por néctar e também procure não ingerir alimentos ricos em açúcar refinado.

Veja também:  Esta pomada caseira de gengibre vai aliviar as suas dores em pouco tempo

O especialista indica alimentos que ajudam a promover a saúde e fortalecer a imunidade. Esses alimentos são: tomate, linhaça, inhame, couve, nabo, vegetais verdes escuros, brócolis e furtas cítricas, como limão e laranja. Alguns complementos alimentos também são ótimos aliados para fortalecer o sistema imunológico, entre eles estão o ômega-3, fibras alimentares e lactobacilos.

Além do cuidado com a dieta é fundamental controlar o nível de estresse, pois ele provoca a liberação de um hormônio chamado cortisol, que em desiquilíbrio pode trazer sérios danos à saúde. Também procure higienizar as mãos constantemente e evitar ambientes pouco ventilados.