Esposa de homem morto por coronavírus é dona de uma creche

2834

A esposa de um homem, que pode ser a primeira morte por coronavírus no Rio de Janeiro, também está internada na cidade de Niterói, mais precisamente em Itacarí, região metropolitana do Rio de Janeiro. Essas informações foram divulgadas pela RecordTV Rio.

A paciente, que está internada com um quadro de pneumonia, teve contato junto de seu marido, com seu filho que veio de Nova Iorque e que testou positivo para o vírus Covid-19. A cidade que ele estava nos Estados Unidos é a que registra o maior número de casos no país.

O que deixa a situação um tanto quanto preocupante é que a mulher é dona de uma creche que fica no bairro Santa Rosa, em Niterói. No local ela teve contato com algumas crianças e com as funcionárias até a última sexta-feira (13). As famílias de todas as crianças receberam comunicação e estão em quarentena.

Até o momento não foi divulgado se a mulher faz parte do grupo de risco da doença, bem como seu marido, que tinha 69 anos de idade e algumas morbidades. O tratamento dele tinha começado no último dia 11 de março.

Mesmo que seja bem provável que o idoso tenha falecido por conta de complicações do coronavírus, a Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro, só poderá dar a confirmação desse caso depois de receber os resultados de exames, que devem ficar prontos nos próximos dias.

Segundo a SES-RJ, o estado do Rio de Janeiro tem 49 casos confirmados pelo novo coronavírus, sendo que 42 deles estão na capital fluminense, 6 em Niterói e 1 em Barra Mansa. Até a noite desta quarta-feira (18), nenhum desses pacientes morreram.

Veja também:  Se quiser realmente conhecer uma pessoa, pare de julgá-la