Esquecimento constante é um sinal de inteligência acima da média

127

Sim. você sai de um lugar e quando chega no outro fica se perguntando: – O que mesmo eu vim fazer aqui? Essa é uma constante em pessoas que tem muitas coisas para fazer e fazem diversas coisas ao mesmo tempo e, o tempo todo.

Meu trabalho exige muita concentração, sou diretora de uma escola e as vezes não tenho tempo nem de ir ao banheiro e, muitas vezes chego a um lugar e me pergunto exatamente isso: O que eu vim fazer aqui mesmo?

As vezes vou entrar no computador para ver meu email porque algum setor da escola está me pedindo e quando entro lá, se me distraio um minuto, fico em diversos lugares do facebook, nas fun pages e quando vejo fecho novamente o notebook sem ter visto o que tinha que ver. O que temos que ter é foco, escrever em um papel tudo o que temos para fazer, listar tudo e antes de terminar o dia, verificar se fizemos tudo o que foi proposto.

Quem já foi numa escola sabe que a correria é grande, um dia nunca é igual ao outro, pois o professor falta, ou fica doente e você tem que arrumar alguém para substituir; então vem um aluno pedindo o atestado de escolaridade; vem um pai e quer falar com o professor do seu filho, e vem outro que quer trocar o uniforme porque ficou pequeno; e vem o porteiro avisar que tem uns quantos alunos chegando atrasados e precisamos fazer um bilhete notificando para que ele entre na sala.

Veja também:  Idosa de 83 anos matricula-se na escola para conseguir ler e interpretar a bíblia

E então… depois de uma infinidade de coisas para organizar, quando podemos respirar um pouco vamos fazer toda a parte administrativa e haja muita concentração. Mas somos interrompidos a todo o instante pelas merendeiras da escola, pelas funcionárias, pelo telefone, enfim.

Você está preocupado com seus esquecimentos repentinos? você esquece o nome dos outros, ou de um filme que amou, ou de um artista que sempre gostou ou de algum aluno que está sempre na escola? isso não é motivo para surtar e achar que está ficando doente. Relaxe, porque cientistas renomados afirmam que esquecimento é sinal de inteligência considerável. Eu sempre me considerei uma pessoa com memória de elefante, aquele animal que lembra de tudo o que aprende, motivo por que é uma das principais atrações do circo.

Mas com a vida atribulada e os diversos afazeres acabo tendo lapsos de memória, mas agora estou mais aliviada pois de acordo com Paul Frankland e Blake Richards, pesquisadores da Universidade de Toronto, esses pequenos lapsos cerebrais são totalmente normais. O que ocorre é que lembranças antigas são “sobrescritas” no cérebro por novas memórias.

De acordo com o professor Richards :- “É importante que o cérebro esqueça detalhes irrelevantes e se concentre nas coisas que o ajudarão a tomar decisões no mundo real.” Estes dois métodos interagem entre si, pois deixam que decisões inteligentes sejam tomadas em ambientes com muito ruido e com muita circulação de pessoas e acontecimentos.

Segundo o autor do estudo o verdadeiro sentido da memória é potencializar a tomada de decisões em situações adversas, pois o cérebro vai depurando detalhes irrelevantes e se prende a coisas que contribuirão para tomada de decisões rápidas e inteligentes, num mundo em tempo real.

Veja também:  Ter uma irmã é o presente mais sublime que Deus pode te dar

O Professor Richards também acrescenta:

“Você não quer esquecer tudo o que sabe, é claro, mas se estiver esquecendo muito mais do que o habitual, isso pode ser motivo de preocupação. No entanto, se você é alguém que esquece detalhes ocasionais, é provavelmente um sinal de que seu sistema de memória está perfeitamente saudável e fazendo exatamente o que deveria estar fazendo ”.

E você esquece de muitas coisas desnecessárias? Então você já pode se orgulhar de ser uma pessoa muito inteligente. Você acha o mesmo? Deixe-nos sua opinião sobre o assunto.

via: tacerto.org