Família de Gugu acusa Rose de farsa e revela suposta mentira guardada há tanto tempo

A família do apresentador Augusto Liberato, o Gugu, não está feliz com os rumos que a briga por herança do comunicador está levando.

Falecido em novembro, Gugu Liberato tem seu nome agora envolvido em um escândalo atrás do outro. Tudo relacionado aos que ficaram, especialmente Rose Miriam, que não aceitou o testamento do apresentador.

Em vida, Gugu Liberato não aceitou assinar qualquer documento que dissesse que ele e Rose eram marido e mulher. No testamento do apresentador, escrito em 2011, novamente ele expressou essa vontade.

Rose Miriam, no entanto, não aceita esse posicionamento. Ela já revelou que está na justiça não só para provar que era a esposa de Gugu, como também quer ser a inventariante de tudo o que ele deixou.

A fortuna de Gugu Liberato é avaliada em R$ 170 milhões. Nessa segunda-feira, 30 de dezembro, o site da Revista Época revelou que a família do comunicador acusa Rose Miriam de uma farsa.

De acordo com um comunicado enviado contra Rose Miriam, a médica teria mentido para os próprios filhos e para a família, quando disse que estava vindo ao Brasil para um retiro religioso, onde oraria pela alma de Gugu.

No documento, a mãe do apresentador, Maria do Céu Liberato, além dos irmãos do famoso, Amandio Liberato e Aparecida Liberato, ainda afirmam que a “prioridade é o bem-estar e segurança dos filhos de Gugu” e que a situação que acontecendo, em um “momento de extrema dor” é absurda.

Já segundo os advogados de Rose, ela e Gugu sempre foram casados e que um casamento não é baseado em morar na mesma casa.

via: 1news