Grupo de fotógrafos fica em lágrimas ao ver urso polar passar fome

467

Todo mundo odeia ver animais sofrendo. Para um grupo de fotógrafos canadenses, ver o sofrimento de um animal levou todos às lágrimas. Quando você ver as imagens chocantes, pode ser que você acabe chorando também.

Paul Nicklen é um fotógrafo que trabalha com o grupo dedicado a defesa da vida selvagem chamado Sea Legacy. O Sea Legacy tem como missão ajudar os animais que possam ser afetados pela mudança dos padrões climáticos e pelo aquecimento global.

Paul Nicklen é um fotógrafo que trabalha com o grupo dedicado a defesa da vida selvagem chamado Sea Legacy. O Sea Legacy tem como missão ajudar os animais que possam ser afetados pela mudança dos padrões climáticos e pelo aquecimento global.

Durante uma viagem pelo ártico canadense, especificamente na Ilha de Somerset, Nicklen e seus colegas encontraram um urso polar cuja aparência deixou todo mundo perplexo. O urso estava completamente magro, sendo possível ver seus ossos, além disso o animal estava com um olhar muito sombrio.

O urso andava com dificuldade, seu corpo desnutrido mal conseguia reunir forças para se mover. No início, o grupo mal reconheceu o animal como um urso polar. Estamos acostumados a ver os ursos polares como criaturas majestosas andando por locais cobertos de neve. Esse urso era magro e fraco, andando por um local onde antes era cheio de neve, mas agora já estava tudo derretido por conta das altas temperaturas.

O urso andou em direção a uma lata de lixo e a derrubou sem muita força, apenas para descobrir que ela estava vazia. O urso estava claramente desesperado para encontrar um pedaço de comida. Nicklen e seus colegas começaram a chorar enquanto fotografavam e filmavam a trágica cena, disse ele à National Geographic. Embora eles estivessem profundamente tristes com o que estavam testemunhando, eles sabiam que o restante do mundo precisava ver o que estava acontecendo.

Veja também:  Número de recuperados do coronavírus já passa os 100 mil

Segundo um estudo publicado pela Ecological Applications e mencionado pela WWF, a população de ursos polares no nordeste do Alasca e nos Territórios do Noroeste já caiu 40% entre 2001 e 2010, de 1.500 para 900 ursos.

A mudança climática é um tema muito controverso. Algumas pessoas não acreditam que ela seja real, enquanto outras acreditam ser um problema tão sério que a Terra corre o risco de entrar em colapso na próxima década. Nós achamos que está na hora de pararmos de politizar a questão e, em vez disso, aceitarmos que várias espécies de vida selvagem estão sofrendo devido ao clima. Eles precisam da nossa ajuda.

Nós não sabemos o que exatamente aconteceu com esse urso, mas é bem provável que ele já não esteja mais entre nós. Acreditamos que a cena registrada por Nicklen é uma verdadeira tragédia.

Você pode assistir às fortes imagens no vídeo abaixo:

Se quiser fazer a diferença, mostre essa história para o maior número possível de pessoas. Imagens como essa podem ser fundamentais para fazer os políticos agirem, mas apenas se elas forem amplamente divulgadas e vistas pelo maior número possível de pessoas.

via; apost