Mãe tem 6 mil tumores removidos de seu corpo. Filha se emociona com a transformação

13

O amor geralmente transcende as aparências. Especialmente para os filhos e seus pais, que amam muito um ao outro, de uma forma leve e capaz de apaziguar as dificuldades e sensibilizar quaisquer imperfeições.

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10205693042185361&set=a.1383404305180&type=3&theater

Para Libby Huffer, sua aparência tem sido fonte de dor durante anos. Ela recebeu a mais temida confirmação do médico: é um tumor. Não apenas apenas um, mas milhares.

Libby sofre de uma condição chamada de neurofibromatose. Esta é uma condição genética que causa pequenos tumores nos tecidos nervosos. Com sorte, os tumores são normalmente benignos. Mas, infelizmente, viver com esta condição é um processo desagradável.

Hi I'm Libby and I have Neurofibromatosis type 1.#EnufNF #Neurofibromatosis

Publiée par Libby Huffer sur Samedi 16 janvier 2016

Aos 5 anos de idade, Libby foi diagnosticada com neurofibromatose. Os tumores não apareceram externamente até ela virar uma adolescente. Ela foi atormenda na escola pelas crianças, e qualquer leve toque, como um abraço, causava a ela uma dor excruciante. Ela estava tão acostumada a ser chamada de “hálito de lagartixa”, que decidiu reduzir seu próprio nome de Elizabeth para Libby (uma vez que no inglês, Elizabeth and “lizard – lagartixa” possuem sons semelhantes).

O tratamento desta condição é chamado de eletrodissecação. Uma vez que os tumores são removidos, a pele pode ser suavizada por um laser de CO2. Entretanto, cada tratamento está na casa dos 5 dígitos e Libby precisaria de diversos deles devido o número de tumores cobrindo seu corpo.

Libby já passou por diversos tratamentos antes dela aparecer no programa de TV “The Doctors”. Então, os especialistas ofereceram remover manualmente os todos os tumores que ainda existiam. O tratamento acabou sendo uma transformação profissional.

Veja também:  Fila de caminhões do Exército já recolhem os corpos na Itália, vão serão queimados

O momento mais emocionante do programa foi quando Libby entrou no palco depois de sua transformação. Sua filha estava na audiência, na fila da frente. Quando a mãe atravessou o palco, a filha não pode controlar sua excitação e encantamento. Ela se emocionou, impressionada com a aparência tão diferente da mãe.

Libby disse que os anos sendo atormentada sobre sua aparência a causou uma carga emocional que ainda não foi curada. Enquanto ainda estava se curando, ela sempre teve sua gentil filha a ajudando no processo. E, enquanto sua filha sempre a amava, independente de como ela se aparentava, ela estava encantada com sua nova vida.

Você concorda que é normal amar alguém idependente da aparência? Nos conte sobre sua experiência. Você conhece alguém que sofre de alguma deficiência física? Ilumine seus dias contando sobre estas inspiradoras mãe e filha!

via; apost