Menina de 4 anos quase perde a visão devido ao uso excessivo do celular

O acesso à tecnologia definitivamente resolve nossas vidas na maioria das ocasiões, mas infelizmente as crianças da casa acabam presas nela e existem milhares de crianças no mundo que passam horas grudadas na tela do celular.

Muito se tem falado sobre o quão prejudicial isso pode ser, mas um pai da Tailândia revelou o terrível caso de sua filha, o que o confirma.

Dachar Nuysticker Chuayduang nunca imaginou que deixar sua filha de 4 anos brincar em seu celular enquanto ele trabalhava seria algo que ele se arrependeria por toda a vida.

A garotinha quase ficou cega por não desgrudar do celular desde os 2 anos

Dachar contou no Facebook o terrível vício que a garotinha começou a desenvolver, pois, assim que tentavam tirar o telefone dela, ela chorava inconsolavelmente.

Quando começou a ter problemas de saúde, nunca os relacionou com sua exposição à tela. Então ela precisou de óculos e sua visão começou a se degenerar rapidamente.

A filha de Dachar foi diagnosticada com ambliopia, uma perda de visão sem causa orgânica.

Por causa disso, ela teve que passar por uma cirurgia, que foi bem sucedida. Mas os médicos o avisaram que ela não poderia se aproximar de nenhuma tela digital, já que a luz desses dispositivos era o que causava a perda de visão.

O pai descobriu que o uso prolongado e descontrolado de seu aparelho era o culpado pela doença, por isso, agora quer alertar outros pais.

O uso excessivo de smartphones por crianças pode ter sérias consequências para sua saúde.

Sugestão:  Cavalo faminto fica cheio de medo ao olhar seus salvadores nos olhos

“Isso é particularmente grave quando os adultos permitem que seus filhos usem tecnologia inteligente, como smartphones e tablets, por longos períodos de tempo. Sem limites, muito tempo de tela pode ter sérias consequências para a saúde física e mental de uma criança”, disse o Dr. Rawat Sichangsirikarn, professor associado de pediatria em Bangkok.

Como os smartphones e tablets podem afetar o desenvolvimento da sua criança?

As crianças podem ter menos sono e isso pode afetar sua concentração, o que, por sua vez, leva a um ciclo de sono pouco saudável, porque acabam dormindo mais durante o dia do que à noite.

Para cada 15 minutos que uma criança usa um dispositivo inteligente, ela perde 60 minutos de sono, diz um estudo.

Outros danos colaterais também incluem perda ou ganho de peso, dores de cabeça e má nutrição.

Problemas de saúde mental, mudanças de comportamento e depressão não são descartados, além de se tornarem agressivos se os pais não permitirem que usem o telefone, gerando mais ansiedade, solidão e auto-isolamento.

Eles também são mais propensos ao transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) e autismo. Nem aprendem a brincar com outros amiguinhos, nem a serem autônomos em seu modo de pensar.

Compartilhe esta importante notícia em suas redes, pois, pode servir de alerta para muitos pais. via:viralistas

Gostou do artigo?

Média: 5 / 5. Votos: 1

Até agora ninguém votou, vote você!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

3 signos que nunca são fiéis