Mulher acreditou que o namorado tinha morrido até esbarrar com ele em restaurante

Uma mulher é informada de que seu ex-namorado morreu e lamenta a perda, apenas para encontrá-lo alguns anos depois, bem vivo e trabalhando em um restaurante local. O quê?! Este cenário totalmente inacreditável é aquele que uma mulher australiana, Rachel, disse ter se encontrado.

A jovem se abriu recentemente ao ABC.net.au sobre a situação bizarra que viveu com seu ex-namorado.

Rachel tinha apenas 18 anos quando começou a namorar um chef de seu pub local. O relacionamento parecia com qualquer outro romance adolescente e ela o descreveu como sendo “muito legal”.

No entanto, as coisas mudaram um pouco quando seu namorado, que não pode ser identificado por motivos legais, perdeu o emprego e pediu-lhe emprestado centenas de libras para viver.

Ele pagou parte do dinheiro, mas quando eles se separaram alguns meses depois, ela afirma que ele se recusou a pagar o resto e parou de responder às suas mensagens.

As coisas ficaram mais estranhas quando seus amigos a informaram que os móveis começaram a sumir de sua casa. “Os móveis desapareceram, a cama, tudo sumiu”, explica Rachel. “A história inicial era que ele fora para a reabilitação em Queensland.”

Ela não estava completamente convencida disso, mas, antes que ela tivesse tempo para investigar, a mãe de seu ex mandou uma mensagem para ela dizendo que seu filho havia morrido.

Sugestão:  Desenho comprado por 30 dólares afinal é uma obra-prima perdida, vale 37 milhões

“Parece estúpido em retrospecto, mas você não tem nenhum motivo para questionar. Se eu te ligasse e dissesse que minha mãe tinha morrido, você não diria, ‘me dê um atestado de óbito’.”

Rachel lamentou a perda “à sua maneira” e acabou seguindo em frente. Dois anos depois, toda a história se desvendou. Enquanto voltava para sua cidade natal com um amigo, ela parou em um restaurante onde ficou surpresa ao descobrir seu ex-namorado, muito vivo e trabalhando lá.

“Eu fiquei em choque”, lembra ela. Mas antes que pudesse confrontá-lo sobre tudo isso, Rachel foi convidada a deixar o restaurante. Sem saber o que fazer, ela decidiu falar com a polícia.

No entanto, eles não foram capazes de ajudar, pois, disseram ser “a palavra dela contra a dele”.

Mais tarde, naquela mesma noite, a mãe de seu ex entrou em contato mais uma vez, desta vez para reclamar que Rachel havia causado uma cena no restaurante e feito seu filho ser demitido.

Toda a saga deixou a pobre mulher tonta e até hoje ainda há tanto que ela não entende de tudo.

Seu maior desejo é que ela pudesse ter a chance de sentar-se apropriadamente com ele e conversar sobre o assunto. “Eu teria feito perguntas”, acrescenta ela. “Uma ou duas.”

Se gostou do artigo navegue pelo site, temos muitos outros para si. A imagem de capa deste artigo é meramente ilustrativa. via:headtopics

- Publicidade -
- Publicidade -