Número de recuperados do coronavírus já passa os 100 mil

736

Boas notícias não podem deixar de ser compartilhadas e, com certeza, essa é uma delas.

A China já consegue registrar redução nos casos de contaminação pelo novo coronavírus. Foram meses e dias de perdas de muitas vidas, pessoas angustiadas querendo saber como poderiam curar a infecção, muita gente em casa, sofrendo com os sintomas do Covid-19, outras tantas em estado grave nos hospitais e muitas incertezas, mas continuaram acreditando.

Saber que na província de Hubei, China, o número de pacientes curados do novo coronavírus é de 59.882, sendo o maior em todo o mundo até agora. É uma chama de esperança acesa, para todos os países que estão lutando no enfrentamento da pandemia.

Os números dos pacientes curados da infecção do Covid-19, foram apresentados segunda-feira, 23/03, segundo comunicou a Universidade Johns Hopkins, que faz o monitoramento em tempo real e registra também casos suspeitos, casos de pessoas infectadas e falecimentos das vítimas do novo coronavírus.

Em um só dia, segunda-feira, foi monitorada a cura de mais de 100 mil pessoas que conseguiram se recuperar da doença.

Esse monitoramento é importante para avaliar se os métodos empregados pelas autoridade em saúde no país, está apresentando resultados ou se a medicação precisa ser ajustada.

Os chineses sabem que ainda há muito a ser feito, mas cada passo dado em direção a recuperação dos pacientes que contraíram o novo coronavírus, é uma motivação a mais e esperança para todos.

Desde que os primeiros casos do Covid-19 surgiram, a China enfrenta uma das piores batalhas de toda a história, os cientistas passaram a correr contra o tempo para descobrir um medicamento para tratamento e curar as pessoas doentes, ao mesmo tempo em que, tenta descobrir uma vacina segura para imunização e prevenção contra o novo coronavírus.

Veja também:  Ela foi o meu primeiro amor, diz jovem que namorou barata

A orientação para quem ficou curado do Covid-19, ou que não foi infectado continuam sendo as mesmas. Isolamento social, lavar as mãos, evitar locais com aglomerações de pessoas.