Pena de prisão até 2 anos para quem maltratar animais de estimação

549

Na passada quarta-feira, entrou em vigor a nova lei sobre os animais de estimação.

A nova lei em vigor dá pena de seis meses a dois anos de prisão para quem matar animais de estimação.

A morte de um cão ou gato é também punida sem que tenham de se verificar maus-tratos prévios visíveis, segundo a legislação atualizada, que foi aprovada a 23 de julho. As alterações à lei partiram de propostas do PAN e do Bloco de Esquerda.

Quem maltratar animais de companhia, infligindo “dor, sofrimento ou quaisquer outros maus-tratos físicos” a cães, gatos e outros com “especial censurabilidade ou perversidade” arrisca uma pena de seis meses a um ano de prisão ou multa entre 60 a 120 dias).

Os cães e gatos de rua ou abandonados também passam a estar abrangidos pela lei, que estabelece um maior período de proibição de detenção de animais de companhia para quem os maltrate ou mate: passa de cinco para seis anos. Animais de pecuária, como cavalos, não estão abrangidos pela lei.

Veja também:  Não coloque mais esse veneno na sua mesa, é um perigo de temperar com esses cubos