InícioCuriosidades7 coisas a fazer se estiver namorando uma pessoa insegura

7 coisas a fazer se estiver namorando uma pessoa insegura

Neste artigo te mostraremos as maneiras de ajudar um parceiro inseguro a superar suas preocupações e problemas de autoestima, não importa o quão profundo sejam.

Se você estiver namorando alguém que é inseguro a respeito de muitas coisas e tende a ocasional ou regularmente lutar contra problemas de autoestima, saiba que esse tipo de relacionamento virá com alguns problemas especiais.

Mas ei! Esse tipo de relacionamentos são realmente úteis para moldar as pessoas. Também por conta de todas as coisas acontecerem por um motivo, sua presença na vida de seu parceiro pode ser exatamente o que ele precisa para concretizar sua autoestima, superar suas inseguranças e construir uma confiança real.

Portanto, em vez de desistir dele, aqui estão algumas coisas que você pode fazer para ajudá-lo a superar suas inseguranças.

1) Reflita se você está realmente disposto a fazer isso

Antes de se envolver completamente em um relacionamento com alguém com inseguranças e problemas de autoestima, você precisa ter certeza de que está disposto e pronto para lidar com as complexidades e complicações de tal relacionamento.

Se você não tem certeza de que pode lidar com isso, é melhor parar imediatamente. Você realmente não precisa do estresse de se comprometer com o que não pode cumprir. Para você mesmo, seja verdadeiro.

2) Dê elogios sinceros

Se você aceitou o desafio da introspecção honesta e se descobriu disposto a dar uma chance, sua primeira tarefa seria aprender a arte de fazer elogios significativos e sinceros. Os elogios são sempre uma ótima maneira de aumentar a autoestima e a autoconfiança de alguém.

Sugestão:  O que eu gostaria de ter sabido antes de me divorciar

Elogie seu parceiro por suas roupas, cabelo, sorriso, características, personalidade, atitude e assim por diante. Os elogios devem ser significativos e sinceros e você vai deve ter certeza de que não está fazendo o mesmo elogio o tempo todo.

3) Respeite quaisquer limites

Se seu parceiro for inseguro, é provável que ele tenha um ou dois limites. Talvez toda a coisa de “luzes acesas” não seja algo que ele goste, ou talvez tomar banho juntos esteja fora dos seus limites por enquanto. Qualquer que seja o limite, aprenda a respeitá-lo.

Isso lhe dará a oportunidade de se aquecer com você e se sentir confortável ​​em seu próprio tempo. É preciso respeitar o ritmo com que ele chega lá. Você seria autoritário e o afastaria se o pressionasse demais quando ele ainda não estivesse preparado para alguma forma ou nível de intimidade em particular.

4) Seja solidário

Isso deve ser uma prioridade. Seu parceiro pode ser sensível a coisas como seu peso, alguma outra preocupação com o corpo, a maneira como fala, insegurança em relação ao trabalho, etc.

Algumas dessas coisas podem ser trabalhadas e, caso seu parceiro decida trabalhar nessas coisas, seria sensato fazer o máximo que puder para apoiá-lo. Esteja lá para ele ou ela durante o processo de mudança.

5) Esteja preparado para mudanças lentas

No relacionamento certo com a pessoa certa, alguém que é inseguro lentamente, mas muito provavelmente, mudará de ideia. A mudança não acontecerá da noite para o dia e você deve ser paciente o suficiente para isso.

Sugestão:  Mãe causa surpresa ao revelar que seu filho de 4 anos tem uma lista de tarefas domésticas

Quando essa mudança finalmente acontecer, será para sempre e você precisa confiar no processo e deixar a mudança acontecer em seu próprio tempo.

6) Sempre diga a eles que você os ama

A validação é a chave para alguém com problemas de estima, especialmente se vier de alguém que ama.

O fato de você lembrar constantemente seu parceiro de que o ama irá fazer uma grande diferença , especialmente se você sempre se certificar de adicionar que, independentemente das inseguranças corporais e qualquer outra coisa pessoal a respeito da qual ele possa ser sensível, você o ama e prefere que ele viva sua vida bem.

7) Seja um bom ouvinte

Um parceiro inseguro provavelmente falará sobre seus problemas em surtos aleatórios, você vai querer ter certeza de que sempre terá um ouvido disposto e pronto. Ser um bom ouvinte permitirá que você entenda os problemas e preocupações de seu parceiro e diminuirá a gravidade de sua insegurança.

Gostou do artigo?

Toque nas estrelas para votar.

Média: 5 / 5. Votos: 2

Até agora ninguém votou, vote você!

- RELACIONADAS -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

Comentários recentes

Aline Cristina dos Reis Xavier on Até agora ninguém acertou o número exato
Aline Cristina dos Reis Xavier on Até agora ninguém acertou o número exato