Cachorrinha foi despedida da CIA por preferir brincar do que trabalhar como agente

A Agência Central de Inteligência (CIA) anunciou que vai demitir Lulu, um labrador preto, porque ela não gosta muito de seu trabalho. Aparentemente, trabalhar para o governo não é para todos.

A cadela ingressou na turma de 2017 do programa de detecção de explosivos K9, mas, uma vez levada para o campo de trabalho, preferiu brincar com as crianças a farejar artefatos explosivos.

Lulu ia ter um trabalho importante

Até recentemente, o cão de 1 ano e meio de idade estava treinando para um trabalho importante que a agência chama de “a primeira linha de defesa contra ameaças explosivas a funcionários e edifícios na sede da agência e no exterior”.

Lulu foi uma das seis recrutas escolhidas para participar do treinamento feminino do K9 em agosto. Ela era o menor membro da equipe e aparentemente tinha uma naturalidade incrível em farejar explosivos.

O cão sentiu-se desmotivado de um momento para outro

Lulu fez um ótimo trabalho em seu processo de treinamento, que durou um mês e meio, pois aprendeu a cheirar e detectar aromas de mais de 20.000 explosivos diferentes. Ela era a melhor de todas, mas no momento em que entrou em campo, tudo mudou.

O labrador foi emparelhado com um assistente do Departamento de Polícia do Condado de Fairfax, na Virgínia, para iniciar seu trabalho de 10 semanas.

Sugestão:  Cão velho sofre negligência severa após a morte do dono

Mas foi apenas alguns dias antes que os treinadores percebessem que Lulu não estava motivada, embora lhe oferecessem guloseimas e prêmios diferentes.

Eles esperavam que em alguns dias ela saísse desse clima, porque animais como Lulu se distraem facilmente.

Semanas se passaram e Lulu não mudou

Depois de tentar diferentes táticas para trazê-la de volta ao jogo, os treinadores descobriram que seu desinteresse não era temporário, ela simplesmente não queria estar lá. Em um comunicado em seu site, a agência escreveu:

Mesmo quando eles podiam motivá-la com comida e brincar de buscar, ela claramente não estava mais se divertindo. A principal preocupação de nossos treinadores é o bem-estar físico e mental de nossos cães, razão pela qual eles tomaram a decisão extremamente difícil de fazer o que era melhor para Lulu e deixá-la fora do programa.

Ela foi despedida da CIA

Após algumas semanas de treinamento entre Lulu e seu cuidador, um grande vínculo se formou entre eles e é por isso que ele e sua família decidiram adotá-la.

Apesar de não pertencer mais ao time de elite, Lulu recebeu uma recompensa melhor, pois agora mora com o irmão, outro labrador preto chamado Harry, e sua nova família. A CIA também acrescentou no comunicado:

Agora ela desfruta de seus dias brincando com as crianças, farejando coelhos e esquilos no quintal e comendo comida e lanches de uma tigela de cachorro.

Sugestão:  Menino salva cão maltratado por crianças, agora são amigos inseparáveis

Apesar de ter parado de treinar, Lulu ainda é uma excelente mascote. Sentiremos falta de Lulu, mas esta foi a decisão certa para ela. Desejamos-lhe sorte na sua nova vida.

Aparentemente Lulu adora brincar com crianças mais do que procurar explosivos e isso é perfeito porque agora ela pode fazer isso em tempo integral. via:okchicas

Parceiros

No Receitas de Culinária TV vai encontrar muita informação de como fazer receitas simples e receitas fáceis. Experimente e desperte o seu amor pela culinária!